A Cerradinho Bioenergia S.A. recebeu o montante de R$150,0 milhões desembolsados pelo IFC, membro do Grupo Banco Mundial, para investimentos de longo prazo na empresa. O contrato, que havia sido assinado em julho de 2016, previa a concretização do investimento após o processo de constituição de garantias que também envolveu o BNDES.

O financiamento, que tem um período total de amortização de 10 anos (3 anos de carência), auxiliará a CerradinhoBio a aumentar em 28% sua produção de bioetanol usado como combustível renovável, e mais que dobrar sua capacidade de geração de energia a partir do bagaço da cana, energia essa que será usada para suprir suas próprias necessidades energéticas, sendo o excedente exportado à rede elétrica nacional. Isso contribuirá para a redução da emissão dos gases de efeito estufa em cerca de 280.000 toneladas equivalentes de CO2 por ano.

Além de fomentar o desenvolvimento da região de Goiás, cuja economia depende substancialmente do agronegócio, este investimento do IFC contribui também para o crescimento do setor de açúcar e etanol e dá suporte ao crescimento da produção de energia renovável no Brasil.

Para fazer o download da notícia em PDF, por favor clique aqui.


Contato Telefone: +55 11 2505-5900